Pular para o conteúdo principal

"Onda Ovni" atinge Argentina


De acordo como o jornal argentino Diario La Capital (www.lacapital.com.ar), uma ‘onda de OVNIs’ está atraindo pesquisadores de todo o país para a cidade de Victoria.

“Estamos passando por uma onda de OVNIs em Victoria,” explicou Andrea Pérez Simondini da Visión OVNI, falando das intensas atividades de OVNIs da última semana, que terminaram com a descoberta de uma ‘marca oval’ em uma área descampada em Laguna del Pescado. Vigília estão sendo planejadas para as próximas semanas.

Uma marca estranha também foi descoberta em uma plantação de trigo há alguns dias, próximo do local onde as vigílias ocorrerão (mostrado na foto, cortesia da Visión OVNI).

Andrea, que é filha da fundadora do Visión OVNI, explicou em entrevista no programa ‘La que se viene’ do canal 8, que uma vigília será realizada no dia 3 de dezembro, devido ao considerável número de luzes relatadas na área nos últimos quinze dias, e para “pedir a abertura dos arquivos de OVNIs na Argentina.”

“Estamos chamando isto de uma ‘onda’ [de OVNIs], precisamente por causa do que tem acontecido nos últimos 15 dias, que finalizou com a descoberta de uma marca oval (não a típica marca circular), medindo 14 metros de comprimento no descampado da Laguna del Pescado, fato que encaixa com o local onde as luzes foram relatadas durante a noite. Estamos saturados com nossas investigações e até mesmo tiramos amostras destas marcas“, explicou Andrea.

Andrea adicionou que a intenção não é a de convencer os incrédulos sobre a existência de vida alienígena. “Nós compreendemos os céticos, porque as pessoas que pesquisam o assunto dos OVNIs são pessoas normais cujos interesses vêm das experiências pessoais. É uma questão de crença, e algumas vezes uma pessoa necessita ver para acreditar. Não damos ênfase ao fato de convencer as pessoas. Tentamos fazer uma comunicação verdadeiramente responsável, baseada em evidência científica, na medida do possível,” ela explicou, adicionando que suas experiências pessoais começaram com a sua mãe. “Meu pai trabalhava na indústria petroleira. Moramos por um longo período em Caleta Olivia, no Sul. Minha mãe foi a primeira a ver um objeto explodir e se dividir em cinco objetos menores que foram em direção ao mar em plena luz do dia, em 1968. Este evento foi visto por toda a população de Caleta Olivia…” Andrea disse que muitos anos mais tarde viu um objeto parecido com “um trem de carga voador“.

Ela finalizou dizendo que “por alguns anos agora, a imprensa tem tratado o assunto com maior respeito“.

Veja abaixo o vídeo sobre a marca encontrada próximo de Victoria:


FONTE: OVNIS HOJE

Comentários

  1. O ano de 2012 vai ser um ano marcante para a his
    tória da ufologia, todos os acontecimentos q es
    tão acontecendo está ligado diretamente com os
    objetos q podemos ver nos céus do nosso planeta
    e q chamamos de ovnis, objeto não identificados
    eles estão mexendo diretamente com o nosso pla
    neta, influenciando diretamente no clima para v
    er se nós nos tocamos e acordamos ainda a tempo
    de salvar este mundo tão bonito, caso contrári
    o serão eles q vão mandar neste mundo em breve
    não q eles queiram mas se nós viermos a nos ex
    tinguirmos deste planeta eles irão habita-los
    e vão fazer deste mundo um mundo bem melhor do
    q nós, por que nós só conseguimos e estamos des truindo ele aos pouco falta de aviso não é

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…